Untitled Document
Discurso(s)



Sara dos Santos Scarabelli Souza
08/03/2017

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher


Excelentíssimo Senhor Presidente desta Casa, senhora e senhores vereadores, em nome do quais cumprimento todos os presentes. Primeiramente agradeço ao presidente desta casa ter me confiado tão nobre tarefa de prestar esta homenagem à mulher dracenense. A vocês, todos os presentes, também agradeço antecipadamente a paciência de me ouvir por alguns instantes. Hoje estamos comemorando o Dia Internacional da Mulher. Data que representa a Luta e as conquistas alcançadas pela mulher na sociedade há 160 anos, provando especialmente que não existem distinções de sexo quando o assunto é o desenvolvimento humano. Foi no dia 8 de março de 1857, que as trabalhadoras de uma indústria de Nova Iorque fizerem greve por melhores condições de trabalho e igualdade de direitos trabalhistas para as mulheres. Em 8 de março de 1908, trabalhadoras do comércio de agulhas de Nova Iorque, fizeram uma manifestação para lembrar o movimento de 1857 e exigir o voto feminino e fim do trabalho infantil. Foi sem dúvida um movimento importante, onde as pessoas através da união, do ideal, deram seus primeiros passos, de forma simples, mas objetiva na construção de uma sociedade mais igualitária. A mulher de hoje em dia, que continua na luta, nos ensina como é possível exercer a liderança sem os ranços machistas do autoritarismo e da opressão. Os valores da liderança hoje no Brasil e no mundo destacam: a capacidade de aprender, o talento e as qualidades espirituais. O poder de organização feminina é enaltecido e valorizado pelas principais empresas brasileiras. Mulheres conseguem conciliar as tarefas domésticas com a busca do conhecimento, compartilhando o sucesso sem vaidades ou qualquer outro sentimento menor. Na cidade de Dracena não é diferente do cenário do país. Aqui as mulheres dinamizam a economia da cidade, contribuindo em diversas áreas profissionais e empresariais. Ouso dizer, sem dúvida, que a maioria da força produtiva de nosso município é formada por trabalhadoras, destas, muitas são ao mesmo tempo, trabalhadoras e chefes de famílias responsáveis pelo sustento da casa. Mas como falar em nome das tantas mulheres que lutam diariamente contra violência ou para sua sobrevivência? Ao logo de minha vida, tive a oportunidade de conhecer mulheres fantásticas, que me ensinaram muito e me sensibilizaram para a condição feminina. Lembro-me neste momento de minha querida mãe, mulher, mãe de 7 filhos, enfrentou com garra e coragem os desafios que a vida lhe impôs. Contra tudo e contra todos, fez da sua vida um exemplo de disposição, não só para as filhas e filhos, mas para todos que com ela conviveram. Lembro até hoje de sua personalidade, de seus desejos, de sua luta no dia a dia do trabalho, nos ensinando sempre a enfrentar as dificuldades de peito aberto, que dignidade e honestidade não são qualidades, mas sim, obrigações. Enfim, minha mãe não foi uma heroína, foi uma mulher comum, como tantas que convivemos que me ensinou a transformar dificuldades em soluções, por isso não deixou de ter para mim e para os meus o lugar de heroína, de uma grande e honrada mulher. Quero aqui lembrar também da primeira vereadora desta casa, a Sra. Lourdes Turibio Schutze, que atuou nos anos sessenta. Depois dela, transcorridos doze anos, novamente a presença feminina na Câmara. Foi eleita a Profª. Nilza Moura, que para mim é um exemplo de pessoa, que como cidadã continua atuando em prol da comunidade na sua dedicação junto ao Projeto “Pão da Laje”. Enfim todas nós mulheres merecemos os parabéns, basta olhar a história e verificar o quanto avançamos, muito embora ainda temos por avançar. A participação feminina na vida política de nosso país ainda é pequena, pois representamos mais de 51% dos eleitores com modesta representação de 6% no legislativo. As mulheres estão avançando e se conscientizado que política também é “coisa” para mulher, pois cada mulher eleitora possui um importante papel que não se restringe apenas a luta pelos seus direitos como mulher, mas sim a luta por uma sociedade mais justa. Hoje somos em duas mulheres na Câmara. Eu, e D. Maria Mateus. Isto, após duas legislaturas anteriores, sem a presença feminina. Acredito em nós mulheres, pois somos persistentes com os nossos sonhos, quando queremos somos poderosas, sabemos buscar nosso alvo com alegria. A Escritura Sagrada no livro de Provérbios diz: “mulher virtuosa quem achará? O seu valor muito excede aos rubis.” Meu desejo e minha oração é que possamos exercitar as virtudes. Lembrem-se mulher, quando agimos com integridade, Deus abrirá uma porta para nós: essa é a nossa herança feminina. E para encerrar agradeço mais uma vez a oportunidade e deixo aqui registrado o meu prazer em ser filha, esposa, mãe, trabalhadora, vereadora, enfim em ser mulher. Ainda diria de que fosse dada a oportunidade de nascer e escolher cem vezes, as cem vezes escolheria nascer mulher. Parabéns a todas as mulheres dracenenses, e uma boa noite a todos!

Câmara Municipal de Dracena
Fone: (18) 3821-1800
Rua Princesa Isabel, 1635       Dracena - SP       CEP:  17900-000
Horário de Funcionamento: Dias úteis das 08:00 as 14:00 hrs
© 2010 MAF Sistemas - Todos os direitos reservados